sábado, 6 de março de 2010

Balanço da Ouvidoria divulga lista de reclamações da população

A qualidade no atendimento dos órgãos da prefeitura da capital precisa melhorar. É o que aponta o relatório anual da Ouvidoria municipal, divulgado hoje.

A sensação é de decepção, desrespeito. “Ah falam pra gente: senta e espera. A gente paga imposto”, fala Ligia Matos, corretora de seguros.
Quando você procura um serviço, você espera ser bem tratado pelos funcionários, obter das informações de que precisa, e principalmente conseguir atendimento, certo? Pois a principal reclamação dos paulistanos que procuraram o serviço público no ano passado, segundo a Ouvidoria Geral do município foi exatamente com a qualidade desse atendimento.
Dos 16.265 registros que chegaram a Ouvidoria, 2.420 foram sobre essa qualidade ou a falta dela e quase a metade foi de queixa no serviço de saúde.

Dona Maria de Lourdes saiu do posto de saúde decepcionada. Marcou a consulta há cinco meses e hoje não conseguiu ser atendida.
“A médica está de férias e tem outra substituindo ela e a médica não veio hoje”, fala Maria de Lourdes de Oliveira, comerciante.

A ouvidora geral explica que as queixas são encaminhadas aos setores da prefeitura responsáveis pelo serviço da prefeitura ao cidadão.

“Nós acompanhamos cada uma dessas reclamações de uma maneira personalizada, individualizada, procuramos extrair dessa reclamação o que ela tem de coletivo e depois transformamos esses registros em relatórios para que os gestores possam acompanhar também essas reclamações e tomar as providências pra melhorar e evitar que o problema continue”, explica Maria Inês Fornazaro, ouvidora geral do município.
A Secretaria Municipal da Saúde informou que, no ano passado, o número de reclamações caiu 30% em relação a 2008 e que isso demonstra que o atendimento à população está melhorando.

SPTV 2ª Edição
04/03/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog