segunda-feira, 30 de novembro de 2009





        Iris,  Milton Campos, Heleno, Denis, Vera, Prf. Nonato,  Sampaio

Ontem dia 29 de novembro de 2.009 por certo entrará na história do Butantã, já famoso por sediar uma das mais prestigiosas universidades do mundo a USP e o Instituto Butantã, é que foi inaugurado o Comitê Distrital do Butantã do Partido Comunista do Brasil – PCdoB, agora os comunistas da região organizarão suas atividades a partir da Av. José Maria Alckimin nº 71, sala 3, Rio Pequeno, pelo afluxo de pessoas, pelas lideranças locais e pelo entusiasmo de seus militantes, a promessa é de que estes valorosos lutadores do povo, irão de fato fazer história e elevar o nível das lutas populares do bairro a um patamar superior.
A direção do CD-BUTANTÃ pela voz da sua direção Denis, Vera Lúcia, Professor Nonato, Milton Campos, Heleno, Sampaio, Raphael Adelino, Sebastião em meio à animada festa, assumiram o compromisso de levar avante o desafio de construir o Partido no Butantã e apoiar a população nas suas demandas por uma cidade mais humana e solidária; e aqui cabe também o registro da importância da contribuição da camarada Fátima ao evento de ontem e a própria instalação do CD-Butantã, não esteve presente por motivos de saúde, que estamos certos de que em breve serão superados e teremos de novo a nossa amiga mais alegre do que nunca de volta ao nosso convívio. Obrigado Fátima, volte logo.
Como assinalou o seu presidente Denis Veiga Junior ontem no concorrido evento que contou inclusive com representantes do Partido dos Trabalhadores – PT da região, o desafio de construir o PCdoB na região é imenso, pelas dificuldades naturais que se apresentam a este projeto, que é o de enraizar o Partido por toda a cidade, aumentar sua influência entre os trabalhadores, ganhar força eleitoral e dar conta da tarefa que se anuncia para 2.010, quando o embate se dará entre dois projetos, um de inclusão social, fruto de um projeto nacional de desenvolvimento com valorização do trabalho e soberania, representado pelas forças patrióticas, populares e democráticas, de outro lado, o projeto tucano-demo, de regresso na democracia, de desmonte do estado com a privatização do que restou de patrimônio público dos tempos do FHC e inserção submissa do Brasil no processo de globalização capitalista.
Este embate tem sido recorrente nos últimos tempos, a novidade é que o Presidente Lula não constará das urnas eletrônicas o que não acontecia desde 1.989, assim é que pouco importa se é Dilma, Ciro ou outro candidato do campo popular-democrático, o que importa é manter o ciclo aberto pela eleição do Lula em 2.002 e neste sentido o Partido Comunista do Brasil tem jogado papel destacado, combinando de forma criativa e positiva a luta institucional nos parlamentos Brasil afora com as lutas de rua dos movimento sociais.
O Partido experimenta um momento auspicioso na medida em que graças a sua política justa, tem logrado aumentar suas fileiras de forma inaudita em sua longeva história de 87 anos, o 12º. Congresso recém encerrado é prova de sua vitalidade e de seu crescimento, reunindo mais de 1.200 delegados em São Paulo aprovou importantes resoluções, dentre as quais destaco o projeto socialista para o Brasil.
É portanto neste quadro de avanços pelo que o Brasil passa conjugado com o crescimento permanente do Partido em particular na capital, é que se inscreve a inauguração do CD-Butantã

Parabéns Camaradas ! Viva o Socialismo ! Viva o PcdoB !

Denis Veiga Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog