sábado, 11 de julho de 2009

12° CONGRESSO DO PCDOB - PARTICIPE

Camaradas, o Congresso, órgão máximo do PCdoB, é um acontecimento democrático destacado na vida política brasileira. Participem..
http://www.vermelho.org.br/pcdob/
Publicação de Tribuna de Debates do 12º Congresso começa dia 15
O próximo dia 15 de julho marca o início de uma das partes mais importantes e tradicionais dos congressos do PCdoB: a publicação da Tribuna de Debates. Uma página especial, voltada para o 12º Congresso, estará disponível a partir da próxima semana na internet e servirá também para agrupar os textos enviados pelos militantes. Além disso, as contribuições – que já podem ser enviadas – serão ainda publicadas em edições especiais do jornal Classe Operária, órgão oficial do PCdoB.
“A abertura da Tribuna de Debates ocorre em boa hora, no momento em que os comunistas de todo o país recebem com entusiasmo os documentos do 12º Congresso do Partido, propostos pelo Comitê Central. Nos próximos dias, plenárias de quadros em todos os estados iniciarão uma grande mobilização do Partido em torno deste debate”, diz Ronaldo Carmona, da Comissão de Relações Internacionais e membro da Comissão Editorial da Tribuna de Debates, composta ainda por Liége Rocha, secretária de Mulheres e Nereide Saviani, coordenadora pedagógica da Escola Nacional de Formação do PCdoB.
De acordo com Carmona “a calorosa recepção da militância a esses documentos tem a ver com a sua profundidade e qualidade. Em especial a proposta de novo Programa Socialista para o Brasil tem o grande mérito de melhor delinear os caminhos para alcançar a transição ao socialismo nas condições brasileiras e sob a atual correlação de forças no Brasil e no mundo, tornando mais nítidas as tarefas a percorrer na luta pelo socialismo à brasileira”.
Segundo Liége Rocha, a Tribuna “abre um espaço importante de reflexão dos comunistas de todo país”. Ela destaca especialmente a necessidade de ampliar a participação das mulheres nos espaços de debate do partido. “Cada uma de nossas militantes e dirigentes deve estar atenta para pôr em pauta aspectos que julguem importantes sob a ótica feminina. Afinal, as mulheres e a luta emancipacionista são fundamentais no processo de transformação da sociedade brasileira e na transição ao socialismo”.
Como funciona a TD
A Tribuna de Debates consiste no envio de contribuições escritas sobre pontos colocados nos documentos-base que serão discutidos ao longo do processo congressual, cuja plenária final se realiza entre os dias 5 a 8 de novembro no Anhembi, em São Paulo. Até lá, conferências, seminários, plenárias e reuniões acontecerão em todos os estados, dos quais resultarão questões que poderão ser levadas ao ato final a fim de aprimorar a linha de atuação dos comunistas para os próximos quatro anos.
Para participar da TD é preciso ser filiado ao PCdoB. O interessado deve enviar seus artigos para seu comitê estadual (veja no site do partido). Os comitês estaduais terão um responsável pela coleta, que fará também a verificação da filiação do autor. Confirmada a condição de filiado, o texto será remetido para a Comissão Editorial. Os eventuais textos enviados por carta, manuscritos ou datilografados deverão ser digitalizados pelo comitê estadual para envio por correio eletrônico para a Comissão de Editorial.
Uma vez tendo recebido o texto, a Comissão terá até três dias para despachá-lo para a publicação na subpágina especial do 12º Congresso, o que será feito conforme a ordem de recebimento. No caso da versão impressa, serão três edições entre os meses de julho e outubro.
Regras para os artigos
Cada filiado do PCdoB que queira participar da Tribuna de Debates terá o direito de enviar até três textos, acompanhados de título, com no máximo 6.400 caracteres com espaço em cada texto. Não haverá restrições aos conteúdos, mas, conforme coloca o artigo 42 das Normas Congressuais “é livre o direito de expressão dos filiados e militantes – respeitados a ética partidária e os temas constantes da pauta do Congresso. Não serão publicadas matérias que contenham ataques pessoais a militantes e filiados ou ao Partido”. A avaliação do conteúdo, conforme estes termos, estará a cargo da Comissão de Editorial, que também poderá corrigir possíveis erros de ortografia e gramática.
Caso a Comissão Editorial considere haver alguma matéria em desacordo com a regulamentação, a mesma enviará o artigo de volta a seu autor com as observações pertinentes. Caberá ao autor recurso à Comissão Política do Comitê Central caso não acate observações da Comissão Editorial.
“Temos a expectativa de que os documentos produzam um bom debate no Partido, refletindo em artigos para a Tribuna de Debates, de forma que a partir da contribuição da inteligência coletiva dos comunistas brasileiros, nosso maior patrimônio, possamos aprovar os documentos no 12º Congresso em novembro próximo”, concluiu Ronaldo Carmona.

Matéria retirada do Portal Vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog