quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Comissão Permanente de Saúde realiza primeira audiência pública do semestre

Vereadores ouviram representantes do Conselho Municipal
A Comissão de Saúde, Promoção Social, Trabalho, Idoso e Mulher realizou audiência pública nesta quarta-feira (06/08) no Salão Nobre da Câmara Municipal. Na ocasião, foi apresentado um pequeno relatório da saúde na capital paulista e ouvidos representantes do Conselho Municipal. Além do presidente da Comissão, vereador Zelão (PT), participaram da mesa os vereadores Mario Dias (DEM) e Carlos Néder (PT). Por motivos maiores o Secretário Municipal da Saúde, Januário Montone, não pôde comparecer, mas foi convidado para a nova sessão que será realizada no dia 20 de agosto. A audiência ouviu também servidores públicos e integrantes do Conselho Orçamentário Participativo, que pediram revisão por parte dos vereadores na Lei 14.820/2008, que trata dos orçamentos para a saúde da cidade no ano de 2009. Pedem a revisão do Inciso IV do artigo 3º, que trata do princípio da participação popular, e do artigo 4º parágrafo 1º, que fala da audiência pública obrigatória, que foram vetados. Para o vereador Zelão, as audiências são importantes pelo fato do diálogo com os Conselhos e a população. “É uma oportunidade que temos para ouvir alguns representantes da área de saúde e dialogar para se resolver problemas”, explicou. Um dos problemas abordados se refere à construção do PS Parque Paulistano, no Jardim Helena, que foi feito de latinha e, segundo o vereador, “a verba era para outro tipo de edificação”. Um dos integrantes do Conselho Municipal de Saúde de São Paulo, Denis Veiga Jr., pediu o apoio dos vereadores para que o Conselho continue lutando por políticas de saúde. “Estamos vendo muitos improvisos na saúde e queremos continuar a debater diversas questões e contar com o apoio dos vereadores para a resolução de problemas”, finaliza.

Pesquisar este blog